Logo Blog Mamãe Vai Fazer

Viajando com 1 bebê e 1 criança: dicas de sobrevivência

Gente, após uma viagem de mais de 18h entre conexões e voos, vou tentar contar um pouco como foi viajar com Malu (3) e Bela (4 meses) para casa dos tios nos EUA.

De antemão aviso que este post quase não tem fotos pq só com duas mãos ficou puxado…

Primeira dica: se vc é uma pessoa de posses (eu não, snif), invista numa classe executiva. Espaço nunca será demais em se tratando de duas crianças. O que deu pra nós foi o espaço + “oferecido” pela TAM pela “bagatela” de $ 140,00 (é dólar mesmo, fia!) POR TRECHO internacional, onde eles acoplam um bercinho para o bebê. Se vc vai com um só e acompanhante, nem acho tão necessário (principalmente pelo custo), mas no MEU caso, foi essencial.
   

Para dar mais conforto a Malu o que eu fiz foi colocar a mala de mão nas perninhas dela para que ela se esticasse um pouquinho mais e conseguisse dormir.
 
Dica 2: se você vai viajar com crianças, dê preferência a voos noturnos. É muito tempo para entreter essa galerinha pra 8h numa aeronave. Na mala de mão de Malu tinha: massinha, livro de colorir, livro de adesivos, IPad. Foi o suficiente, mas ela dormiu o bastante, então, acho que vale a pena pensar em voar a noite.
Dica 3: se você gosta de conexões rápidas, com criança, repense. Achei que conexão de 3h daria para eu passear no DutyFree, mas lembre-se que você não sai com a mesma agilidade da aeronave, no meio do caminho tem que parar pra levar menino no banheiro, beber água, trocar fralda… Enfim, fora imprevistos que possam acontecer e acontecem.
Dica 4: se suas malas não são “cheguei” igual às minhas, identifique ela com algo que facilite sua localização. Demorei mais de 30min para localizar a mala preta nova do meu pai, sem uma fitinha ou adesivo, no meio de um mundaréu de malas pretas.
Dica 5: peça previamente na companhia aérea o menu kids para as crianças. Eles se sentem felizes com o prato diferente e normalmente são mais fáceis para que eles comam sozinhos e deem menos trabalho.
Dica 6: leve um carrinho. Não levei pq já tinha um me esperando por aqui, mas se Isabela não tivesse dormido no sling durante a imigração (filas enormes) eu não aguentaria os braços (6kg podem pesar 20, acredite!).
No meu cansaço atual gente (após dormir 6 horinhas de sono na casa do meu irmão), que me lembre, essas são as dicas mais importantes. Vou atualizando vocês lá no Instagram do blog (segue lá @mamaevaifazer) e conto as news.
Ah, aqui a foto da minha comandante kid toda orgulhosa sendo apresentada na aeronave. Malu adora essas coisas!!!
   

Até mais! Segura a gente no IG que na volta vai ter Sorteio!

Beijos, Lika.

Nuvém de Tags
alegria amamentação Amizade amor avião babá Beleza birra blog Brasil brincadeiras Cabelo campanha cesárea chupeta cinema criança culpa cultura dica dicas emoção escola Família farra Filhos Filme fim de semana gravidez infância Irmãos Lazer Libido livros maquiagem música parto passeio pele programação saudade saúde solidariedade Sono teatro