Logo Blog Mamãe Vai Fazer

Mudança e criança pequena

20140318-164226.jpg

Oi gente, sei que ando meio sumida, mas pretendo voltar a dividir com vocês as desventuras e aventuras da nossa família e trocar uma ideia com todos, pois é isso que gosto no blog.
Quero contar aqui como foi a reação de Maria Luiza, na altura de seus 2 anos e meio, ao se mudar pra uma casa (digo apartamento) novo.

Primeiramente, quero deixar uma dica parar quem vai passar por isso com crianças tão pequenas: tirem elas da linha de frente. Eu, por motivos que não me recordo, acabei passando o dia da mudança com Malu pelas proximidades, o que não é legal, por alguns aspectos:

1. A criança não vai conseguir ajudar, ao contrário, vai atrapalhar, pois você terá que cuidar dela e não terá como ajudar na mudança;
2. Mudança sempre traz consigo poeira, sujeira, e uma infinidade de coisas que podem disparar o gatilho de uma reação alérgica, coisa nada bacana para os pequenos;
3. Explique para as crianças, mesmo pequenas, os motivos da mudança, e diga as vantagens de ter um novo espaço para conhecer, novos amigos, etc.
4. Uma mudança de cada vez, ou seja, se ela dormia no berço, não faça com que ela vá para uma cama logo no primeiro dia de casa nova. Evite mexer ainda mais na rotina que já está bastante diferente na vida dos pequenos.

Por aqui o que se passou foi o seguinte: avisei a Malu que iríamos pra uma casa nova, que apesar de não ter piscina e jardim, teria um quarto de brinquedos, seria mais perto da escola e da casa das amiguinhas, que ela veria mais a Dinda, as tias, e que faria novos amiguinhos no prédio. Ela pareceu entender, e não reclamou.

No dia da mudança, queria ajudar os rapazes da empresa a encaixotar as coisas, mas quando viu o quarto vazio, ficou intrigada pra onde ia tudo.

20140318-163922.jpg

Levamos ela ao caminhão pra ela entender como levaríamos tudo pra casa nova, e até foto ela tirou.

20140318-164007.jpg

Como tivemos problemas com a empresa de energia elétrica, não fomos para nossa casa logo no dia da mudança, mas sim para a casa da vovó, o que deixou Malu ainda mais confusa.
Mas no dia seguinte, levamos ela até o seu novo quarto, e ela reconheceu todas as suas coisinhas e entendeu que ali seria seu novo cantinho.

Quanto a poeira, rendeu uma crise alérgica, com tosse, mas sem febre. Teve que ser medicada e fazer nebulização em casa.
No quesito mudanças, estava planejado tirar a fralda, e posteriormente, chupeta, ambos adiados até papai e mamãe se recuperarem desse mês super estressante.

20140318-164100.jpg

E no mais, estamos nos adaptando a nova rotina, ao novo (velho) bairro, aos cômodos da casa, enfim, a nova vida. Feliz!!!

#FelicidadeÉQuestãoDeSer

Beijos, Lika!

Nuvém de Tags
alegria amamentação Amizade amor avião babá Beleza birra blog Brasil brincadeiras Cabelo campanha cesárea chupeta cinema criança culpa cultura dica dicas emoção escola Família farra Filhos Filme fim de semana gravidez infância Irmãos Lazer Libido livros maquiagem música parto passeio pele programação saudade saúde solidariedade Sono teatro