Logo Blog Mamãe Vai Fazer

O que eu li na gravidez e primeiros meses de Malu

Tudo que me meto a fazer na vida, gosto de ter um embasamento teórico para tal. Na faculdade, por exemplo, nunca tive coragem de executar um procedimento que não tivesse tido aula e treinamento especifico para o que iria fazer.
Não seria diferente para ser mãe…
Eu li muita coisa grávida, desde livros, blogs, páginas de portais de saúde…
Assim, vou passar algumas dicas para quem está grávida e buscando informações:
– Busque sites confiáveis, que tenham opiniões de profissionais qualificados como pediatras, psicólogos, dentistas, nutricionistas… A internet tem MUITA bobagem também;
– Tente ler várias informações sobre o mesmo assunto e forme uma opinião pessoal sobre aquilo que te interessa;
– Filtre a dica dos autores de acordo com a sua realidade, seu país, suas condições financeiras. Muitas vezes você vai ver que os autores se completam.
Enfim, vou enumerar aqui os livros que eu li, mas de antemão digo que nenhum deles é preferido. Na verdade, de cada um tirei proveito pra ter um pós parto mais tranquilo, uma rotina de bebê que mais se adaptasse a minha vida.
O primeiro que eu li foi O Que Esperar Quando Se Está Esperando, que ganhei do maridão logo que soubemos que eu estava grávida.

20130322-133244.jpg

Esse livro foi um best seller de vendas no mundo todo, e teve até filme inspirado nele.
Assim gente, se você não tem informação nenhuma, tem muita dúvida sobre estar grávida, vai gostar bastante do livro. Ele aborta realmente a gestação. É bem objetivo, fala da gravidez semana a semana, não é cansativo… Mas, não sei se é porque eu já tinha lido muita coisa sobre ser mãe (afinal foi 1 ano e tanto de tentativas…), achei um pouco superficial.
Eu li também o livro do Dr Karp: The Happiest Baby on The Block (O Bebê mais Feliz do Pedaço). Li em inglês mas já tem a tradução, e tem tambem o DVD, que é bem legal.

20130322-133350.jpg

Ganhei esse de presente de minha amiga Sandra, que mora nos EUA e cria suas filhas de forma admirável (meu grande exemplo). Pois bem, esse foi o livro de conduta para com o bebê que mais impactou minha forma de lidar com os primeiros meses de Malu.
Dr Karp é um pediatra americano que propõe uma série de condutas para minizar o choro e o desconforto dos bebês até os 4 meses. Basicamente, com a técnica dos 5 Ss (Swaddling-embrulhar, Side/Stomach-posição de lado, Shhhhh-barulho, Swinging-balançar, Sucking-sugar) ele leva o bebê para um ambiente o mais próximo possível ao que tinha no útero.
Não vou me estender pra não ficar chato, mas o que posso dizer é que, seguindo estes passos,
consegui que Malu tivesse noites tranqüilas e posso dizer que não conheço cólicas (ou foi sorte, vai saber…). #SuperIndico

Li também A Encantadora de Bebês, de uma guru inglesa, que também dá dicas de como conduzir os primeiros meses do recém nascido.

20130322-133620.jpg

A dica que mais aproveitei desse livro foi: comece da forma que você quer terminar. Tipo: se você quer ninar o seu bebê no colo todos os dias, pense que daqui a alguns meses, seu pacotinho de 3kg vai ter 10kg, e talvez fique eu pouquinho cansativo pra você… Ela conduz o livro indicando que existem tipos diferentes de bebês, e que pra cada tipo você vai agir de uma forma. Gostei bastante também, apesar de ter pontos que faço bem diferente (senso crítico, meu povo, por favor).
E logicamente que não poderia deixar de citar a Bíblia: A Vida do Bebê.

20130322-133901.jpg

Esse é muito massa pra ter em casa. Você acompanha nele o desenvolvimento do bebê semana a semana, e mais na frente mês a mês, ano a ano, além de ter um índice remissivo pra você procurar as suas maiores dúvidas no decorrer do crescimento da criança. #TemQueTer

Os sites que visitei foram basicamente aqueles mesmos que eu visitava quando tava tentando engravidar – clique aqui

Os sites tem a vantagem de ter uma interação direta com as outras pessoas que lêem, e vale a pena interagir com outras mães, porque acho que é a melhor forma de aprender como fazer e não fazer.
Ah! Quase esqueci. Sandra também me deu esse livro (também gringo, mas tem muita opção nacional também sobre o assunto), que foi ótimo para conhecer dicas de amamentação.

20130322-170157.jpg

Acho muito importante ler sobre amamentação porque, apesar de lindo, pra algumas mulheres (eu incluída), não é nada glamuroso e sim bastante sofrido no começo. Amamentei Malu 7 meses e posso dizer que foi um ato de amor, porque sofri… O livro aborda desde posições de pegada, posições do bebê, até métodos de ordenha e armazenamento do leite. Aprendi muito e fiz um estoque de saquinhos de leite no meu freezer (posso falar sobre isso também em outro momento).
E vocês, estão lendo ou leram o que nessa fase, mulherada?
Aguardo o feedback, hein!?
Beijos, Lika.

Nuvém de Tags
alegria amamentação Amizade amor avião babá Beleza birra blog Brasil brincadeiras Cabelo campanha cesárea chupeta cinema criança culpa cultura dica dicas emoção escola Família farra Filhos Filme fim de semana gravidez infância Irmãos Lazer Libido livros maquiagem música parto passeio pele programação saudade saúde solidariedade Sono teatro