Logo Blog Mamãe Vai Fazer

Queda de Berço: dicas da especialista

20130709-091033.jpg

 

Gente, hoje, 2h da madrugada, eu e Neto acordamos com o maior susto: Maria Luiza caiu do berço, direto com a cabeça no chão. Correria, pega gelo, um galo logo subiu na testa, e eis que me pego com aquela dúvida de toda mãe: queda com trauma na cabeça, a criança não pode dormir?

De acordo com a pediatra Tatiana Mello, a questão do dormir ou não é relativa. Esse medo da criança dormir é explicado porque a sonolência é um dos critérios para lesão cerebral. O que se deve avaliar é o grau de sonolência dessa criança. Se o bebê caiu, chora muito e depois dorme de tão cansado, mas você consegue despertá-lo é uma coisa. Mas se ele chega ao pronto-socorro desacordado, e o pediatra não consegue despertá-lo, com certeza terá que passar por exames mais minuciosos… Assim, alguém com o mínimo de conhecimento deve observar o grau de sonolência dessa criança.

Malu, por exemplo, caiu em um horário em que ela já estava com sono, mas mesmo com trauma, persistiu bem espertinha. Mas confesso que, como também sempre ouvi falar que trauma na cabeça não pode dormir, fiquei puxando assunto com ela pra não cair no sono.

Dra Tatiana deu algumas informações importantes para agir numa situação dessas:

– Se o bebê é menor que 1 ano de idade, deve-se levá-lo a emergência para uma avaliação;

– Observe se, imediatamente após o trauma, a criança apresentou sintomas de sonolência (conforme foi descrito acima), vômito ou perda de consiencia. Em caso de algum destes sintomas, procure um médico;

– Após o trauma, a criança deve ser observada por 48hs. Se ela apresentar sinais de perda de equilíbrio, alteração na marcha, vômito sem causa aparente, convulsão, alteração no humor (muito ativo ou muito quietinho), é bom também procurar ajuda.

Agora a gente já sabe, né?
Beijos, Lika.

*Dra Tatiana Mello é médica pediatra da FAB, e atende também na emergência do Hospital São Rafael, em Salvador. Além de ser uma amiga querida!

Nuvém de Tags
alegria amamentação Amizade amor avião babá Beleza birra blog Brasil brincadeiras Cabelo campanha cesárea chupeta cinema criança culpa cultura dica dicas emoção escola Família farra Filhos Filme fim de semana gravidez infância Irmãos Lazer Libido livros maquiagem música parto passeio pele programação saudade saúde solidariedade Sono teatro