Logo Blog Mamãe Vai Fazer

Vida a dois depois de filhos

20130729-202301.jpg
Desenho: mulher.uol.com.br

Tenho um grupo de amigas hilárias, e compartilhamos muitas dores, alegrias, dúvidas e resenhas no whatsapp diariamente, e outro dia, demos muita risada comentando do cansaço de cada uma para agradar os maridinhos com tantos afazeres domésticos, além da ralação de trabalho de cada uma.
É fato que, depois de filho, a maioria das mulheres não tem mais o mesmo pique do inicio de namoro… Vejam bem, não falo isso baseado em nada científico, mas sim na experiência trocada com outras amigas e mães que trabalham o dia inteiro, e que ainda chegam em casa pra ficar com seus filhos, e muitas ainda cuidar da casa.
Há um tempo atrás eu estava tão cansada, que preocupada, conversei com minha ginecologista, que é sexóloga, e perguntei se não seria bom tomar hormônio e tal, pra aumentar a libido, e ela me disse que isso era uma queixa recorrente da mulher moderna, que tem que dar conta do trabalho, dos filhos, da casa e do marido. Na verdade, não falta hormônio, e sim, existe uma preguiça natural, com o acúmulo de afazeres. Lembro dela me falando da queixa e preguiça de suas pacientes que, como eu, pensavam que, chegar em casa, cuidar de tudo, colocar a meninada na cama, e dar uma namoradinha ainda, pra depois ter que tomar banho e ir dormir, muitas ficavam exaustas mesmo, e acabavam pulando essa parte.
O problema é que o maridão vai reclamar, meu povo. O homem quer a mulher com quem ele casou… Ele vai até entender que, no começo é difícil, bebê pequeno, muita atenção da mãe…
Mas não é justo que o marido fique esquecido, né?
Por isso é preciso procurar um tempinho pro casal, tempo em que seu companheiro tenha sua atenção exclusiva. A intimidade do casal deve ser preservada, inclusive para um bom exemplo do que é a família para os pequenos. Teatro, cinema, jantar só do casal, são atividades que não devem ser esquecidas com a chegada do novo membro da família.
Quando minha Malu estava com 5 meses e meio, e eu prestes a voltar a rotina pesada de trabalho, eu e Neto deixamos Malu 5 dias com a babá e a vovó e fomos passear em Santiago, Chile. Tinha bastante leite materno estocado no freezer, e levei a bomba pra tirar o leite por lá (que queimou no primeiro dia! Um dia conto essa parte!).
Confesso que chorei muito no avião na ida, com saudade por minha primeira separação de meu bebezinho, mas chegando lá, aproveitamos muito, passeamos, namoramos, descansamos. Foi uma das melhores viagens que fizemos, e quando voltamos, cheios de saudade, estava tudo muito bem, obrigada, graças a Deus.

20130729-201233.jpg
Chorando litros no avião…

20130729-201342.jpg
Foi uma comilança!!!

Acho que cada casal tem que encontrar o que te faz feliz a dois… Tem gente que malha, tem gente que viaja, tem gente que pedala. Eu e Neto vamos ao cinema. Quase toda sexta a tarde, vamos juntos, fazemos um lanche e voltamos pra casa pra liberar a babá por volta de 18hs. Aí, abrimos um vinho, ficamos brincando com Malu, quando ela dorme a gente conversa, ri, se tiver a fim, namora, se estiver cansado, dorme… Mas saber que temos um tempinho só da gente é muito gostoso! Podem dizer que é rotina, mas por enquanto tá dando certo…

20130729-201534.jpg
Cineminha de lei!

Outro dia vou conversar com vocês sobre o que me ajudou a voltar a libido depois que tive Malu. Muito engraçado! Beijocas, Lika.

Nuvém de Tags
alegria amamentação Amizade amor avião babá Beleza birra blog Brasil brincadeiras Cabelo campanha cesárea chupeta cinema criança culpa cultura dica dicas emoção escola Família farra Filhos Filme fim de semana gravidez infância Irmãos Lazer Libido livros maquiagem música parto passeio pele programação saudade saúde solidariedade Sono teatro