Logo Blog Mamãe Vai Fazer

Sobre Corações

O coração é associado ao amor. Se você digitar amor no WhatsApp logo aparece um Emoji de S2 para substituir essa palavra tão linda. 

Analisando friamente, é um músculo (um órgão muscular oco). Quando a gente fica grávida, o primeiro órgão que o radiologista vê na Ultrassom é o coração. E é ao ouvir aquele tumtumtum que a gente se dá conta que é pra valer, agora tem uma vida na nossa barriga e um ser que vai depender da gente pra ser feliz.

Coração então já é amor e vida. 

Ha 10 anos atrás eu tive a notícia que uma das minhas melhores amigas teria um bebê com coração com problemas. Quando a gente é mãe pensa que o maior problema que teremos de lidar com coração dos nossos filhos será com corações partidos na adolescência. Mas Cynara teve que lidar com corações partidos bem antes da adolescência de Arthur.

Ela me ensinou muito com a sua luta. Ela me ensinou o verdadeiro significado da palavra resiliência. Ela já falou um pouco sobre Arthur aqui.

Recentemente, meu irmão e cunhada anunciaram a chegada do meu segundo sobrinho. Todo mundo ficou feliz da vida com a chegada de um irmão para Lucas. Aí, no ultrassom morfológico, eles viram que o coração de Victor também se formou com um probleminha. E assim, toda minha família está lidando também com corações partidos.

Quando eu soube da notícia, a primeira pessoa com quem eu falei foi com Cynara. Nunca vou esquecer o que ela me disse: vocês não viver um dia de cada vez, uma conquista de cada vez, não se assuste com diagnósticos de Google. Ela me disse que a expectativa de vida de Arthur era de três anos e hoje ele tem 10, vivendo uma vida de alegrias. Foi o alento que eu precisava ouvir.

Por sorte meu irmão mora a alguns quilômetros de distância do hospital de referência em Cardiologia pediátrica dos Estados Unidos e está sendo super bem assessorado por lá. Ainda não precisamos de nenhum tipo de ajuda financeira para as cirurgias que Victor precisará passar, mas por aqui, muitas pessoas precisam.

Hoje, Artur precisa da nossa ajuda para passar por mais uma cirurgia e continuar alegrando a vida de seus pais, amigos e de sua irmãzinha Marina. Eles precisam de R$113.000,00 para mais essa vitória.

Fizemos as contas: se 113.000 pessoas doarem um real, conseguiremos o dinheiro. Se 1130 pessoas doarem R$100 conseguiremos o dinheiro. Se 113 empresários doarem R$1000, conseguiremos o dinheiro.

Então, tenho certeza que vamos conseguir concluir essa Vakinha com ajuda de cada um de vocês que estão lendo este texto.

Clica https://www.vakinha.com.br/vaquinha/arthur-coracao-valente  pra ajudar.

#NuncaTePediNada

Vamos ajudar ❤️?

Beijos, Lika.

Nuvém de Tags
alegria amamentação Amizade amor avião babá Beleza birra blog Brasil brincadeiras Cabelo cesárea chupeta cinema criança culpa cultura dica dicas emoção escola Família farra Filhos Filme fim de semana gravidez infância Irmãos Lazer Libido livros maquiagem maternidade música parto passeio pele programação saudade saúde solidariedade Sono teatro